Depressão saiba um pouco mais sobre essa doença

Em alguns dias em que você vai se sentir triste, você vai sentir raiva, você vai ficar com medo. Isso é normal, isto é a vida. Todo mundo fica triste, melancólico, mal humorado. Mas esses sentimentos geralmente duram pouco e acabam passando após algumas horas, ou até mesmo alguns poucos dias. A depressão é mais do que apenas um baixo-astral - é uma condição séria que afeta a sua saúde física e mental. Você pode tentar encontrar ajuda porque está se sentindo pouco animada, até mesmo um pouco para baixo. Ou talvez você esteja tendo um momento estressante no trabalho, o que está causando-lhe preocupação e ansiedade. Fazer algumas pequenas mudanças em sua vida, tais como tentar sair de uma situação difícil, falar sobre seus problemas ou obter mais sono, geralmente pode melhorar este cenário. Quando você tem depressão essa paisagem se altera, ganha outros contornos, mais agudos, mais dolorosos. E, como saber se o que se passa com você é depressão? Primeiro, é preciso estar alerta para alguns sinais e sintomas. A depressão afeta como você se sente sobre si mesmo. Você pode perder o interesse no trabalho, passatempos e fazer coisas que você normalmente não faz. Depressão torna a vida mais difícil de gerir de dia para dia. Os sintomas de depressão podem incluir um mau humor que dura mais tempo que o normal, não ver nenhum prazer na vida, desespero ante qualquer situação que apareça, uma sensação de cansaço ou falta de energia que quase deixa você paralisada, não ter capacidade de concentração - mesmo para as coisas do dia a dia como ler o jornal ou ver televisão - perda de apetite, dormir mais do que o habitual ou simplesmente não conseguir dormir. E, pensamentos de autoagressão e suicidas. O que causa a depressão? Enquanto não sabemos exatamente o que causa a depressão, uma série de coisas está muitas vezes ligada ao seu desenvolvimento. Depressão geralmente resulta de uma combinação de acontecimentos recentes e outros fatores de longo prazo ou pessoais, em vez de um problema imediato ou evento. Pesquisas sugerem que as dificuldades continuadas - desemprego de longa duração, relacionamentos abusivos ou descuidados, longos períodos de isolamento ou solidão, a exposição prolongada e consistente ao estresse no trabalho - são mais propensas a causar depressão do que as tensões de vida recentes. No entanto, os acontecimentos recentes (como perder o emprego) ou uma combinação de eventos pode acionar o 'gatilho' da depressão, caso existam fatores pessoais ou experiências ruins que aconteceram no passado. Existe também o fator genético. A depressão pode ocorrer em famílias e algumas pessoas vão ter esse risco aumentado. No entanto, ter um pai ou parente próximo com a depressão não significa que você terá automaticamente a mesma experiência. As circunstâncias da vida e outros fatores pessoais são ainda influências importantes. Mas, há muito coisa neste terreno que não se sabe, ainda. A depressão não é simplesmente o resultado de um "desequilíbrio químico". É complicado, e há várias causas de depressão. Fatores como a vulnerabilidade genética, fatores estressores graves, as substâncias que você pode tomar (alguns medicamentos, drogas e álcool) e condições médicas (lidar com uma doença durante muito tempo, ou com dor crônica, por exemplo) podem afetar a maneira como o cérebro regula o seu humor. Todo mundo é diferente e é muitas vezes uma combinação de fatores que podem contribuir para o desenvolvimento de depressão. É importante lembrar que você não pode sempre identificar a causa da depressão ou mudar as circunstâncias difíceis. A coisa mais importante é reconhecer os sinais e sintomas e buscar apoio.
Deixe uma Resposta.

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.

psicologa brooklin sp


consulta com psicologa zona sul

Agende uma consulta!


(11) 2503.0117
(11) 9.8131.9113

Clínica de Psicologia em SP, localizada:
Na rua Lacedemônia
Brooklin Velho - São Paulo - SP
(Jardim Brasil/Vila Mascote)